Radio Manga FM
Publicidade
Manga/MG
Min. 74°F
Máx. 92°F
RJ registra alagamentos por causa de chuva forte
08/11/2018

Temperatura no Rio deve chegar a, no máximo, 23ºC. Em alguns lugares, choveu quase toda a quantidade esperada para o mês de novembro. Ônibus caiu em canal em São João de Meriti, na Baixada Fluminense Reprodução/ TV Globo O Rio de Janeiro registrou chuva forte ao longo de toda a madrugada desta quinta-feira (8). Em alguns lugares, choveu quase toda a quantidade esperada para o mês de novembro. A previsão é que o temporal se prolongue por todo o dia. O Rio entrou em estágio de atenção às 21h15. A temperatura deve chegar a, no máximo, 23ºC. O Centro de Operações Rio (COR) pede que os motoristas redobrem a atenção com as pistas molhadas e bolsões d’água. O trânsito é intenso nas principais vias expressas da capital fluminense. Em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, um ônibus caiu em um canal. Motoristas foram obrigados a empurrar veículos que pararam de funcionar em meio ao alagamento. Duque de Caxias também registrou grandes volumes de chuva. O local do Estado do Rio de Janeiro que registrou o maior volume de chuva ao longo da noite e da madrugada foi a cidade de Macaé, com 160,8 mm. A cidade de Angra dos Reis registrou 137,2 mm de temporal nas últimas 24 horas, o que representa 80% do esperado para todo o mês de novembro. Em Duque de Caxias foram registrados 94,4 mm de chuva. Petrópolis teve volume de 93,2 mm. Na cidade do Rio de Janeiro, 86,8 mm de chuva foram registrados, o que corresponde a 89% do esperado para a região ao longo do mês. Chuva causou queda de árvores no Centro do Rio Reprodução/ TV Globo Trens e metrô Na capital fluminense, as estações de trens de Olaria e Ramos estão fechadas para embarque e desembarque por causa de um alagamento nos trilhos. As estações do Metrô Rio estão operando normalmente apesar do temporal. As linhas um, dois e quatro têm circulação normal desde o começo das operações, às 5h. Aeroportos O Aeroporto Santos Dumont amanheceu operando com o auxílio de instrumentos para pouso e decolagem. O Aeroporto Tom Jobim também opera com a ajuda de aparelhos. Motoristas empurram carro em meio ao alagamento em São João de Meriti, na Baixada Fluminense Reprodução/ TV Globo Região Serrana em alerta A Região Serrana foi uma das regiões do Estado do Rio de Janeiro com maior registro de chuva. Há risco de deslizamento de terra e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) emitiu alerta de transbordo para os rios. Em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, os principais rios da cidade entraram em estado de vigilância.
Fonte: G1
21:00 as 21:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
R: Prudente de Moraes Nº: 181 B: Centro - Manga/MG
Ligue agora
(38) 9913-1893
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS